Pela valorização da mulher brasileira

Blogagem coletiva proposta pela Lys e pela Meiroca!! Tô postando com atraso por motivos importantes que depois eu conto!!!Fiquei um tempão pensando sobre o que escrever… até que um outdoor me deu a luz!! Não sei bem se é o que as meninas queriam falar quando propuseram a coletiva mas é algo que tem me incomodado desde que casei e que, acredito, não deixa de ser uma forma de desvalorizar a mulher!!!

O outdoor iluminador?!? Dizia… 8 de março, hoje é dia de homem na cozinha!! Como assim??? Para tudo!!! Na hora que vi me deu uma indignação, uma raiva!!! Quer dizer que todos os outros 364 dias são dias de mulher na cozinha?? Aí comecei a pensar… quantas vezes eu já não agradeci ao Cello por me ajudar com as tarefas da casa?? Quantas vezes eu já não me senti culpada por não dar conta de trabalhar, estudar, fazer as compras, orientar a empregada, arrumar a cama e cuidar do meu marido?? Quantas vezes ele já não fez as coisas em casa como uma forma de favor pra mim?? Eu sei que já foram várias!!! Muitas vezes ele faz e fica esperando um agradecimento, um elogio!! E muitas vezes ele recebe!!! Eu mesma já escrevi aqui no blog o quanto que ele me ajuda em casa!!!

Pois há algum tempo eu me rebelei!!! Chamei ele no canto e disse: a casa é de nós dois, é função dos dois mante-la limpa, organizada e arrumar as coisas!! É função dos dois preservar a casa, lavar os pratos, trocar a roupa de cama, orientar a faxineira e tantos outros detalhes que só quem cuida de casa conhece!!!

Se eu posso ter jornada dupla e, às vezes até tripla, ele também pode!!! É bom até pra aprender a dar valor ao que nós, mulheres, fazemos!!!

Bom, é isso… aí está meu protesto!!! Minha defesa às mulheres, não só brasileiras… Não é bem o enfoque que as meninas propuseram mas foi o que saiu…

Mil beijos, Dani

PS: deixo aqui meus parabéns a todas as mulheres!!! E, principalmente, às duas idealizadoras dessa blogagem coletiva: Lys e Meiroca, vocês merecem!!! Parabéns pela iniciativa e pela luz que vocês são!!!

Anúncios

19 Respostas

  1. Oi, Dani! Tambem fico INDIGNADA com esta historia e estas propagandas que só reforçam a exploraçao da mulher e os estereotipos. Escolhi responder uma pergunta sobre isto justamente neste dia 08, porque tem tudo a ver. Bzus mil, bom domingo.
    PS: Atraso de um dia não é atraso, pulamordedeus!

  2. realmente colocar uma frase dessa num outdoor é pra ficar com vergonha… tem muita coisa pra mudar na cabeca das pessoas ainda.
    beijos e parabens pra vc tbm

  3. […] 135.Ricardo Neves Gonzales, 136. Carla, 137. Ingrid, 138. Shamani, 139. Teresa, 140. Scliar, 141. Dani Pontes, 142. Nando Damazio, 143. Lu, 144. Andrea Motta, 145. Marlene Mora, 146. Gi, 147. A Abiose […]

  4. […] 135.Ricardo Neves Gonzales, 136. Carla, 137. Ingrid, 138. Shamani, 139. Teresa, 140. Scliar, 141. Dani Pontes, 142. Nando Damazio, 143. Lu, 144. Andrea Motta, 145. Marlene Mora, 146. Gi, 147. A Abiose […]

  5. Oi, Dani,

    Adorei o teu post! É relevante sim! É interessante perceber que tudo isso está internalizado na gente, não é? Você se deu conta quando se deparou com aquele outdoor. Mas você não é a única. Somos todas sugadas pelo sistema. Mas isso tem volta. Acredito que pela conscientização como este ‘momento Eureka’ que você teve. E o segundo momento é mudar, recomeçar, dialogar: “não é assim, por causa disso, daquilo, etc”. A partir de agora é necessário que a nossa ‘banda’ toque desta forma para que haja harmonia aqui em casa. Não sei se me fiz entendida. Afinal, não somos nem Amélias nem Mulheres-Maravilhas.
    Beijocas,

  6. OI Dani,
    Acho que não tem certo e errado… cada um escreve o que pensa, não é mesmo?
    Concordo com você em dizer que a casa é de todo mundo, então, cabe a todo mundo ajudar de alguma forma.
    Em casa, eu naormalmente fico com a limpeza, o Kiko cuida do carro e eletronicos quebrados… nós dois cozinhamos…
    Mas ultimamente, como estou de ASPONE… as coisas acabam sobrando para mim…
    bjs

  7. Ta certo…afinal se a mulher tem jornada dupla nada mais justo que dividir as tarefas, mas sem forçar barra, o homem tem que entender que isso é normal.
    Aqui em casa tud é divido, ele me ajuda em tudo, eu lavo ele enxuga, eu cozinho ele poe a mesa e vice versa…
    Bjs e obrigada pela participaçao.

    meire

  8. Eu achei essa blogagem coletiva muito interessante. Cada blog falou algo que percebe no dia a dia. Aí, juntando tudo, dá um monte de informação para as pessoas perceberem o quanto a mulher ainda é desvalorizada (infelizmente). Bjs.

  9. Lá em casa é tudo dividido… quero dizer… mais ou menos… na a cozinha é mais dele do que minha… hihi… sorte a minha!

  10. […] Pela valorização da mulher brasileira […]

  11. Daniiii querida, PARABÉNS atrasado pelo Dia da Mulher!!!!!

    Muito certo tudo que você falou! Só que, com a mentalidade masculina que ainda reina nos dias de hoje, estou quase perdendo as esperanças de um relacionamento assim…

    Sobre o post anterior, parabéns para sua irmã, imagino a saudade que vc não vai ficar dela!
    Fotos antigas sempre me emocionam.

    Beijos!!!

  12. Dani, você já parou pra pensar quando os filhinhos vierem? Eu concordo plenamente com você, a casa é dos dois, que devem cuidar por igual. E vai dizendo pro Cello ir fazendo curso de trocar fraldas!
    Beijo.

  13. Perfeito! Concordo com vc em todos os sentidos. Essa imagem da mulher comandando a casa sozinha tem que acabar.
    Beijos.

  14. É… posso dizer q lá em casa, Engraçadão faz igual ou até mais q eu.
    Não sei por quê, fico sempre com a sensação de q ele faz até mais q eu.
    Tudo bem, não se trata de competição com direito a prêmio na linha de chegada, mas… eu sou a mulher-maravilha, hellou?!
    Eu preferi muito mais o seu post, do jeito q foi abordado.

  15. Temos de ser valorizadas 100% do tempo pois somos demais !
    Bjs

  16. Essa epoca d emulher na cozinha já era hoje somos independente,donas do nosso nariz …

  17. Dani, eu aqui chorei de rir com seu post pois achei divertidissimo. Divertido porque eu ja passei por esses mesmos questionamentos que voce passou e entendo bem a sua rebeldia repentina. No comeco do casamento realmente brincamos de casinha mas com o tempo descobrimos que essa “ajuda” nao era legal. Eu demorei um pouco mais que voce para me rebelar, confesso. Essa rebeldia e minha libertacao veio com uns 4 anos de casada apenas. Mas hoje em dia dividimos tudo de igual para igual e nao apenas eu mudei meus conceitos mas ele tambem. Hoje nos dois entendemos as dificuldades e estamos lutando lado a lado para manter nossa casinha e familia estavel e feliz. Gostamos de compartilhar os servicos domesticos e fazemos isso sempre juntos e com amor. Escutando uma musica, trocando beijinhos e conversando sobre nosso dia. E para ter uma familia feliz aprendemos com a experiencia que eh necessario ambos estarmos felizes, sem sobrecarga para nenhum dos lados. Entao, cuidado com o exagero de mandar o Cello pra cozinha hem ? Tem que dividir mocinha… ai ai ai. 🙂 Daqui a pouco teremos a rebeldia do Cello e ai teremos que apoia-lo amiga.

    A cozinha fica para mim sempre amiga, mas isso eh simplesmente porque eu adoro cozinhar. Edu sempre lava a louca todinha e olha que eu nao economizo potinhos 🙂 Pareco aqueles programas de culinaria que divide tudo em potinhos… e ele nunca reclamou.

    Muitos beijos meu anjo e sua participacao foi uma delicia. Voce deu uma leveza impar para essa coletiva nos contando essa experiencia que todas nos mulheres casadas e profissionais passamos ou passaremos algum dia !

    Lys

  18. Boa semana!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: